Chow Chow

O Chow Chow (também conhecido como Black-Tongue) acredita-se ser uma das mais antigas raças caninas reconhecíveis.

Um cão bem imponente, tornou-se moda tanto como cão de guarda como de companheiro.

O Chow Chow foi oficialmente reconhecido pelo American Kennel Club em 1903.

Tudo Sobre o Chow Chow

História

A origem do Chow Chow não é totalmente certa mas acredita-se que ele tenha vindo da região da Mongólia ou Sibéria para a China e aí foi se popularizando especialmente na realeza como cão de caça.

Varias foram as gerações de Imperadores Chineses que possuíam vários destes cães muito devido ao seu aspecto, o qual reflete classe e imponência, quase como fosse um leão.

Mais tarde por volta do ano 1800 começaram a aparecer alguns na Europa, especificamente mais na Inglaterra, onde eram vistos como curiosidades já que muitas vezes eram ofertas dos mercadores chineses.

Com o tempo foram aumentando a popularidade e começou a surgir este nome (estes cães tiveram vários nomes ao longo da historia), primeiramente entre os criadores e depois começaram também a aparecer cada vez mais como cães de estimação nas famílias.

Este cão teve uma popularidade tal que a certa altura foi considerada a 6ª raça de cães mais popular na América.

Chow Chow saúde

Temperamento

O Chow Chow não é um cão fácil.

É bastante independente e dominante, o que o torna muitas vezes desobediente e é por isso que não recomendamos que um criador sem experiência cuide de um cão deste tipo mas sim alguém que consiga impor respeito e liderança ao mesmo.

Também são muito reservados e latem pouco. Muito dependendo do seu tratamento enquanto filhote, normalmente não se dão muito bem com outros cães e são cães de um dono só (o que fazem notar bem pelo seu comportamento).

Veja também mais cães de grande porte:

Caraterísticas

Estes cães podem chegar a medir 56cm de altura e uma das caraterísticas pela qual são mais famosos é a sua ?língua preta? ou ?língua azul? que como dá para ver, é uma caraterística que não é normal em todos os cães.

A sua cor também pode variar, totalizando-se em 6 cores possíveis:

[cp_modal display="inline" id="cp_id_d8a57"][/cp_modal]
  • Preto
  • Vermelho
  • Creme ou Branco
  • Fulvo
  • Cinza azulado

Adestramento Chow Chow

Para adestrar um cachorro desta raça é preciso ser um líder experiente e não é para o donos pela primeira vez.

Eles são cães dominantes e exigirão que um treinador prove sua liderança antes de tomar a direção.

Eles não gostam de ser informados sobre o que fazer, e forçá-lo com uma mão forte pode levar a comportamentos de evitação ou mesmo retaliação por parte do cão.

Reforço positivo, muitas caricias e 100% de consistência são as chaves para treinar esta raça. Se eles virem uma oportunidade de manipular uma situação, ele irá aproveitar sem dúvida.

Apesar dos desafios de treinamento de obediência eles são excepcionalmente fáceis de treinar e muitos donos de relatam que, mesmo como filhotes, os seus cães nunca tiveram um acidente em casa.

chow chow temperamento

Saúde e Cuidados a Ter

Esta raça possui alguns cuidados. Ela não gosta de ambientes muito quentes ou húmidos, como era de imaginar, devido ao seu pêlo denso e abundante.

Recomenda-se que você tenha este cão desde filhote e que o ensine a ser obediente logo de inicio e habitua-lo á companhia de estranhos e outros cães.

O Chow Chow nunca deve ser deixado fora da coleira ou em um quintal que não seja cercado, pois eles podem ser agressivos em relação a estranhos ou outros animais.

O seu pêlo deve ser escovado regularmente, pelo menos duas vezes por semana e mais frequentemente quando o seu pêlo estiver a cair.

Por ultimo, ele não tem grande necessidade de exercício mas convém fazer uma caminhada ocasional com ele ou ter um lugar onde ele se possa mexer um pouco e se divertir também.

Em termos de saúde eles são dos cães que menos costumam ficar doentes. Alguns dos problemas mais comuns de surgir em cachorros desta raça são:

  • Displasia da anca;
  • Displasia do cotovelo;
  • Luxação da patela;
  • Doenças da tiróide;
  • Problemas oculares;

E então, já ficou a saber mais sobre o Chow Chow, o seu temperamento, história, saúde, cuidados a ter, etc…?

Deixe em baixo nos comentários qualquer dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura do artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *