Dermatite Canina Alérgica [ Tratamento, Sintomas, Etc… ]

O seu cão esta com pulgas e não para de se coçar? Saiba já o porquê, como detetar se ele tem dermatite canina e também os tratamentos que pode fazer.

Dermatite Canina Alérgica

O Que é / Como Detetar

A maneira de ver é exatamente observando o seu cachorro e vendo se ele não esta se coçando demasiado.

Quando o seu cão ainda está numa fase inicial ele não começa a se coçar, mas sim a se lamber com mais frequência, sendo este uma caraterística na maioria dos cachorros com alergias.

Outra coisa que é frequente de observar são falhas de pelagem espalhadas pelo corpo do seu cachorro devido a ele se arranhar e arrancar o pelo, isto já numa fase mais avançada.

Inspecionar a pelagem do seu cão quando você lhe esta a dar carinhos e a brincar com ele também é uma boa pratica e pode ajudar a detetar a presença de indicadores destas alergias, como vermelhidão, feridas, pulgas,etc…

Dermatite Canina

Causas

A dermatite canina do seu cão pode derivar de várias coisas, incluindo pulgas. Mas não é propriamente as pulgas o problema, mas sim a sua saliva.

Mas como assim?

As pulgas para se alimentarem e poderem crescer elas acabam por chupar o sangue do hospedeiro onde se encontram.

Após o fazerem elas libertam saliva para parar o seu sangue coagular e assim não ter nenhuma hemorragia. É essa saliva que faz com que sinta coceira e ganhe alergia.

Como a dermatite canina é uma alergia, então pode ser derivada de muitas outras coisas, desde o ambiente onde ele anda que tenha esse fator alérgico como pó ou bolor, até algo que tenha começado a comer ou tenha comido esporadicamente.

Leia Mais >  Como Deixar o seu Cão Sozinho em Casa

Qual é o Tratamento?

Existem vários tratamentos, dependendo muito da causa da dermatite alérgica do seu cachorro.

Para as pulgas existem diversos métodos, podendo eles ser caseiros, ou receitados pelo seu veterinário e dados em forma de medicamentos mais frequentemente.

Na maioria dos casos é lhe receitado um anti-inflamatório para o cão parar de se coçar e se sentir melhor junto com algum anti-histaminico para combater a reação alérgica.

Vai ser importante você perceber o que lhe está a causar esta reação para assim poder remover da equação.

O seu veterinário poderá fazer um teste sanguíneo para tentar perceber a origem, você pode lhe dar uma alimentação mais cuidada e rica em proteína e ver se resolve, etc…

Prevenção é o Melhor Tratamento

Para o seu cão não acabar com pulgas você deve tomar algumas medidas preventivas de forma a evitar que eles estejam presentes no mesmo ambiente que o seu cachorro.

Evitar que eles andem muito entre as ervas altas, as quais são um sitio excelente para a criação de pulgas e carrapatos.

Na altura de comprar uma casinha para o seu cachorro, evite as de madeira e opte pelas de alumínio, PVC / plástico, porque nessas as pulgas não conseguem se alojar.

Por fim certifique-se que o seu cão tem sempre o local onde ele dorme e passa a maior parte do tempo limpo e desinfestado.

(Pode também desinfestar o seu cão esporadicamente ou aplicar algum tipo de repelente).

cao-prevencao-pulgas

Em relação à sua alimentação, muitos dizem que as alergias surgem por você lhe dar alimentação de baixa qualidade e que devia dar ração premium.

Isso pode não ser inteiramente verdade. A única diferença entre essa ração e a outra é que ela é feita de forma mais cuidada e exclui muitos componentes que normalmente são mais prováveis de causar alergias no seu animal.

Leia Mais >  Caudectomia Saiba Porque não Deve Fazer

Observação

Só cerca de 5 a 10% das pulgas no ambiente estão presentes no seu cão ou gato, daí ser importante a desinfestação e desparasitação.

Mais artigos relacionados:

E então, já ficou a saber mais sobre a dermatite canina alérgica, como detetar, sintomas, causas, tratamento, como prevenir, etc…?

Deixe nos comentários a sua resposta à ultima pergunta junto com alguma dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura do mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *